quarta-feira, 4 de março de 2009

Curiosidades sobre Galileu Galilei

Queridos, postem alguma curiosidade sobre Galileu Galilei ou algum feito importante deste cientista. Peço assinem com o nome, a série e a escola para ser possivel a identificação e pontuação de vocês.

64 comentários:

  1. Galileu: o popularizador da ciência
    Inquieto, polêmico, criativo, ele simplificou e divulgou as teorias científicas. E com isso lutou por um mundo melhor
    José Tadeu Arantes
    Verão de 1609: um texto curioso chega às mãos do matemático e físico italiano Galileu Galilei (1564-1642). Era a descrição de um instrumento, construído na Holanda, que permitia enxergar coisas distantes como se estivessem próximas. Tomando por modelo essa luneta holandesa, Galileu fabrica, ele mesmo, um aparelho semelhante, capaz de aumentar nove vezes o tamanho aparente dos objetos. Tinha, na época, 45 anos, e, embora desfrutasse de um certo prestígio, como professor de matemática da Universidade de Pádua, não havia publicado ainda nenhum trabalho de peso. Sempre lutando com dificuldades financeiras, precisava dar aulas particulares para complementar o salário. Mas estava destinado a voar alto. Nos meses seguintes, não parou de aperfeiçoar o telescópio e apontou-o para o céu. As descobertas que realizou revolucionaram a cosmologia e elevaram sua fama à altura das estrelas. Tanto quanto por essas contribuições científicas, ele se imortalizou como popularizador da ciência e porta-voz de idéias novas e ousadas.
    Durante os quase três anos em que esteve dominado pela febre da observação astronômica, Galileu verificou que:
    Em vez de ser uma mancha esbranquiçada no firmamento, a Via Láctea era formada por "incontável multidão de estrelas amontoadas";
    O número de "estrelas fixas" superava "mais de dez vezes as conhecidas anteriormente";
    A superfície da Lua não era "perfeitamente lisa, livre de desigualdades, nem exatamente esférica", mas, "tal qual a superfície da própria Terra, diversa por toda parte, com montanhas elevadas e vales profundos";
    Júpiter era circundado por quatro luas, "nunca vistas desde o começo do mundo";
    As estrelas não tinham contornos definidos e circulares. Eram como chamas, que "brilham, vibram, cintilam". Ao passo que os planetas se apresentavam "sob a forma de pequenos globos redondos, uniformemente iluminados";
    Vênus mostrava fases como as da Lua;
    Saturno exibia uma protuberância na altura do equador, que ele atribuiu a duas pequenas luas opostas, bem próximas da superfície do planeta (tratava-se, na verdade, dos anéis, identificados pouco mais de 50 anos depois pelo matemático, físico e astrônomo holandês Christiaan Huygens);
    As manchas solares eram "exalações" da própria superfície do Sol.
    Carta na manga
    Com suas descobertas astronômicas, Galileu derrubou uma concepção que dominava a cosmologia desde os tempos de Aristóteles, no século 4 a.C. O antigo filósofo grego dividira o cosmo em duas regiões diferentes. A Terra e suas imediações seriam formadas por uma mistura variável de quatro "elementos": terra, água, ar e fogo. Daí estarem sujeitas a mudanças constantes. A partir da órbita da Lua, porém, um outro tipo de matéria, a nobre "quintessência", tornava os corpos celestes perfeitos, eternos e imutáveis. Antes de Galileu, essa falsa idéia foi contestada por filósofos como Nicolau de Cusa (1401-1464) e Giordano Bruno (1548-1600) e astrônomos como Ticho Brahe (1546-1601) e Johannes Kepler (1571-1630). Faltava-lhes, porém, uma prova irrefutável, que pudesse contrapor à enorme autoridade de Aristóteles. Ao descobrir o relevo da Lua e constatar, pouco depois, que as manchas solares se deviam a "exalações" do próprio Sol, Galileu encontrou essa prova. Assim como a Terra, também os astros passavam por transformações. Deviam, portanto, ser compostos do mesmo tipo de matéria. Essa nova perspectiva permitiria que, meio século mais tarde, Isaac Newton (1642-1727) unificasse a física terrestre à física celeste e, sobre essa base, edificasse sua teoria da gravitação universal.
    Em março de 1610, num livreto de apenas 24 páginas, que trazia o título latino de Sidereus Nuncius (Mensageiro das Estrelas), Galileu comunicou ao mundo a maior parte de suas descobertas astronômicas. Poucas vezes um relatório científico causou tanto impacto sobre a visão de mundo de seus contemporâneos. Johannes Kepler, talvez o maior astrônomo de todos os tempos, chorou de emoção ao lê-lo. E, em apenas 11 dias, escreveu um entusiasmado panfleto em sua defesa. A pronta acolhida de Kepler prenunciou o apoio que a obra iria conquistar nos meios cultos da Europa. Galileu dedicou o livro a Cosimo II, grão-duque da Toscana e chefe da poderosa família Medici. E batizou as luas de Júpiter com o nome de "astros mediceus". Em julho de 1610, Cosimo o nomeou "primeiro matemático e filósofo do grão-duque de Toscana" e "primeiro matemático da Universidade de Pisa", sem obrigação de residência e ensino. Galileu assumiu o cargo em setembro e passou a morar no Palácio Medici, em Florença. Pouco depois, viajou a Roma, onde foi recebido em triunfo. Sentiu-se então suficientemente prestigiado para jogar uma carta que trazia há anos escondida na manga.
    O INVENTOR:
    Além de cientista, Galileu foi também um inventor de talento. E suas criações, todas elas feitas no início da carreira, lhe asseguraram importante remuneração extra.
    Ele construiu uma balança hidrostática (1586), uma bomba d'água para irrigar o solo (1593), um compasso geométrico de uso militar (1597) e o pulsilogium, um instrumento para diagnóstico médico destinado a medir a pulsação dos pacientes.
    Debate teológico
    Décadas atrás, ele havia aderido ao modelo heliocêntrico do polonês Nicolau Copérnico (1473-1543), que afirma o movimento da Terra em torno do Sol. Jamais ousara defendê-lo publicamente, porém, com receio de ser hostilizado pela conservadora comunidade acadêmica, partidária de tudo que viesse do aristotelismo, inclusive o modelo geocêntrico do greco-alexandrino Cláudio Ptolomeu (século 2 d.C.), que fazia a Terra ficar imóvel no centro do cosmo. Com o sucesso do Sidereus Nuncius, Galileu julgou que chegara a hora de se pronunciar a favor de Copérnico.
    Ele o fez num texto publicado em 1613, Istoria e dimostrazione intorno alle macchie solari (História e demonstração sobre as manchas solares). Seu discretíssimo elogio do sistema copernicano não ocupou mais do que três linhas no final da obra. Foi o suficiente, porém, para assanhar os acadêmicos aristotélicos. Um deles, Lodovico delle Colombe, escreveu um tratado no qual, com base em citações da Bíblia, negava o movimento da Terra. Em plena Idade Média, e trabalhando com idéias que vinham desde a Antigüidade, o grande filósofo cristão João Escoto Erígena (século 9) sustentara que cada passagem das Sagradas Escrituras admitia inúmeras interpretações. É uma incrível prova de decadência intelectual que, 700 anos mais tarde, os acadêmicos italianos regredissem a uma leitura literal e ingênua do texto bíblico.
    Galileu poderia ter simplesmente ignorado esse tolo falatório, que em nada abalava sua reputação. Possuía, porém, um temperamento exaltado e resolveu polemizar com os adversários no perigoso terreno da teologia. Num texto que ficou famoso, a Carta à Grã-Duquesa Cristina de Lorena, dirigida à mãe de Cosimo II, escreveu: "A Sagrada Escritura e a natureza vêm, todas as duas, da palavra divina. Mas, enquanto a Bíblia, acomodando-se à inteligência do comum dos homens, fala, na maioria dos casos e com razão, a partir das aparências, e emprega termos que não são destinados a expressar a verdade absoluta, a natureza se conforma, rigorosa e invariavelmente, às leis que lhe foram dadas. Não se pode, apelando aos textos das Escrituras, colocar em dúvida um resultado manifestamente adquirido por observações seguras e provas suficientes".
    Esse argumento seria adotado, no século 19, pela própria Igreja. Na época, porém, só fez aumentar ainda mais o número dos inimigos de Galileu. Enquanto continuava a ser intensamente adulado por cardeais cultos e sofisticados, como Matteo Barberini, o cientista tornou-se alvo de ataques de padres ignorantes, cujas pregações exerciam forte impacto emocional sobre os fiéis.
    A traição dos padres
    Loucos para ver a lenha queimar, os dominicanos do Convento de São Marcos, em Florença, encaminharam uma cópia da carta, com duas passagens deliberadamente adulteradas, à apreciação do Santo Ofício – a temível Inquisição, que, entre tantos outros, já havia enviado à fogueira o filósofo Giordano Bruno.
    O poder da Igreja encontrava-se, então, seriamente ameaçado pela propagação da Reforma protestante. Nessa conjuntura de crise, o conservador papa Paulo V resolveu agir de maneira rápida e truculenta, como era seu costume. Em 24 de fevereiro de 1616, atendendo a determinações expressas do papa, o tribunal do Santo Ofício colocou o tratado de Copérnico De revolutionibus orbium coelestium (Sobre a revolução dos corpos celestes) no index dos livros proibidos. E condenou o modelo heliocêntrico como "absurdo e herético" e a teoria do movimento de rotação da Terra como "errônea na fé".
    Protegido pela fama, por amigos influentes e pelo prestígio político da família Medici, Galileu não foi sequer citado no processo. Dois dias depois da sentença, porém, o cardeal Roberto Bellarmino, presidente do tribunal, o chamou ao seu gabinete e o intimou, em nome do papa, a "abandonar inteiramente" sua opinião e "abster-se de sustentá-la de qualquer maneira", sob pena de "ser submetido a processo diante do Santo Ofício". Galileu prometeu obedecer. Ficou sete anos sem escrever nada de importante. Mas o ressentimento o consumia por dentro. Em 1623, publica Il Saggiatore (O Ensaiador), no qual, retrocedendo à interpretação de Aristóteles e contra a correta opinião de Ticho Brahe, negava que os cometas fossem corpos celestes reais e os qualificava como simples ilusões de óptica, causadas pela reflexão dos raios solares sobre emanações que se elevavam nas altas camadas da atmosfera. O que o levou a cometer esse erro científico foi um dogma, herdado da antiga cosmologia grega, do qual Galileu jamais se libertou: a idéia de que todos os astros deviam percorrer trajetórias rigorosamente circulares, com velocidades constantes. Algo que não se ajustava, de forma alguma, ao movimento acentuadamente excêntrico dos cometas.
    O Saggiatore foi escrito como uma áspera crítica ao astrônomo jesuíta Horacio Grassi, membro do Collegium Romanum e partidário de Ticho Brahe. Mas não havia em seu texto nada que desafiasse a proibição do Santo Ofício. No mesmo ano de 1623, porém, os ventos viraram subitamente a favor de Galileu. Ninguém menos do que Matteo Barberini, seu grande admirador, acabava de ser eleito papa, adotando o nome de Urbano VIII. Inteligente e culto, mundano e politiqueiro, vaidoso e cínico, Barberini dizia saber mais do que todos os outros cardeais juntos. Em 1616, opôs-se ao decreto do Santo Ofício e intercedeu a favor de Galileu. Em 1620, dedicou-lhe o poema Adulatio Perniciosa (Perigosa Adulação). Depois de eleito papa, chamou-o à sua presença, cumulou-o de favores e manteve com ele seis longas conversações.
    Apesar dos argumentos de Galileu, o novo papa recusou-se a revogar o decreto de 1616. Mas encorajou o cientista a escrever o que quisesse em defesa do sistema copernicano, desde que evitasse argumentos teológicos e o apresentasse como uma hipótese matemática, que, sem ser necessariamente verdadeira, explicava a contento certos fenômenos. Galileu botou mãos à obra e passou seis anos redigindo um novo tratado.
    Desafio à Inquisição
    Por várias vezes, colocou-o de lado, talvez inseguro quanto à solidez do apoio papal. Porém, pressionado por seus numerosos amigos e discípulos, acabou finalizando a obra que o levaria a um novo e dramático confronto com a Inquisição: o Dialogo sopra i due massimi sistemi del mondo (Diálogo sobre os dois maiores sistemas do mundo), no qual compara os modelos de Copérnico e Ptolomeu. A obra foi concluída em 1630, mas só obteve licença para publicação em 1632. Ela se apresenta na forma de um diálogo entre três personagens: Salviati, um cientista brilhante, que encarna o próprio Galileu; Sagredo, um homem prático e inteligente, que desempenha o papel de mediador; e Simplício, um simpático porém ingênuo defensor de Aristóteles e Ptolomeu. As conversações desenvolvem-se em quatro jornadas, realizadas no palácio de Sagredo, em Veneza.
    Há nelas momentos brilhantes, como a crítica à idéia da diferente composição material da Terra e do céu. Ou a refutação do argumento de que, caso a Terra se movesse, qualquer coisa que não estivesse firmemente atada a ela seria deixada para trás. Mas, apesar desses pontos altos, o Dialogo é mais uma obra de popularização do que um tratado científico.
    Mão sobre a Bíblia
    Galileu não oferece nele nenhuma prova conclusiva a favor de Copérnico. E, para atingir o público leigo, apresenta uma versão extremamente simplificada da teoria copernicana. Desconsiderando a reforma do sistema heliocêntrico realizada por Kepler (leia quadro), ele descreve um modelo no qual a Terra e todos os planetas se movem em redor do Sol, em trajetórias circulares e com velocidades constantes. E omite todos os artifícios matemáticos que Copérnico foi obrigado a utilizar para ajustar essa concepção ideal às observações astronômicas reais.
    De qualquer forma, não foi por seus aspectos científicos que o Dialogo caiu nas garras afiadas da Inquisição. Mas por uma questão política, ou, mais precisamente, de natureza pessoal. É que, ao final do debate, Galileu introduziu, numa fala de Simplício, uma frase do próprio Urbano VIII. Quando encorajou o cientista a apresentar o sistema copernicano, o papa afirmou que o fato de uma hipótese explicar bem certos fenômenos não significava que ela fosse necessariamente verdadeira, porque Deus podia muito bem ter produzido os mesmos fenômenos por meios totalmente diferentes e incompreensíveis para a mente humana. Sem citar nominalmente o papa, Simplício afirma que esse argumento provinha "da mais eminente e douta pessoa, diante da qual era preciso cair em silêncio". Ao que os outros dois debatedores imediatamente se declaram silenciados por "essa admirável e angélica doutrina".
    A ironia passou despercebida pelos olhos do censor eclesiástico. Mas Urbano VIII ficou uma fera ao tomar nas mãos o livro impresso e reconhecer suas palavras na boca do tolo Simplício. Mais do que qualquer argumento a favor de Copérnico, foi essa irreverência de Galileu que causou sua perdição. A venda do Dialogo foi imediatamente suspensa e o cientista intimado a comparecer perante a Inquisição. Pouco valeu, desta vez, a intervenção dos amigos. E, graças à equivocada polêmica com Grassi, ele já não contava mais com o decisivo apoio dos jesuítas. Idoso e doente, foi obrigado a viajar a Roma. Ao final dos interrogatórios, foi considerado "veementemente suspeito de heresia". E, no dia 22 de junho de 1633, vestindo trajes de penitência, de joelhos e com a mão sobre a Bíblia, teve que recitar, perante o tribunal, a horrível fórmula da abjuração: "Abjuro, maldigo e detesto os citados erros e heresias...". Numa insuportável manifestação de arrogância, a Igreja humilhava o homem e se atribuía o direito de decidir o que a ciência podia ou não dizer.
    O AMANTE:
    Galileu nasceu em Pisa, no dia 15 de fevereiro de 1564. Filho de um intelectual de idéias avançadas, recebeu esmerada educação artística. Na juventude, compôs poemas e escreveu ensaios sobre literatura e artes plásticas.
    Amigo dos prazeres da vida, teve diversos relacionamentos amorosos. Maria Gamba, sua companheira na cidade de Pádua, deu-lhe três filhos: Virgínia (1600), Lívia (1601) e Vincenzo (1606).
    Tratamento camarada
    Apesar disso, graças ao seu prestígio e relações pessoais, Galileu desfrutou de um tratamento excepcionalmente brando, para os padrões da Inquisição. Ao contrário do que se pensa, não foi torturado, nem lhe foram mostrados os instrumentos de tortura, como era praxe nesses casos. Dos dez juízes do tribunal, três se abstiveram na hora de pronunciar a sentença, inclusive o cardeal Francesco Barberini, irmão do papa. Depois da abjuração, recebeu uma pena de prisão ordinária e a ordem de recitar, uma vez por semana, os sete salmos da penitência. A pena foi revogada no mesmo dia pelo papa e até a recitação dos salmos foi transferida para a filha mais nova do cientista, que era freira.
    A punição, mesmo assim, abalou ainda mais a saúde de Galileu. Mas não destruiu seu ímpeto criativo. Longe da excitação intelectual da corte dos Medici e das perigosas polêmicas sobre os modelos do mundo, na calma campestre de sua villa particular em Alcetri, perto de Florença, ele retomou seus velhos estudos de cinemática, a disciplina que investiga o movimento dos corpos. Em 1638, aos 74 anos, publicou seu mais importante tratado científico, os Discorsi intorno a due nuove scienze (Discursos sobre duas novas ciências), no qual, entre outros tópicos, discute a estrutura da matéria, a queda livre dos corpos e a trajetória dos projéteis. Cego e entrevado pela artrite, ele viveu ainda quatro anos. Cercada pela reverente atenção de discípulos ilustres, como Castelli, Cavalieri, Torricelli e Viviani, a chama de sua inteligência brilhou até o fim.
    Os modelos cosmológicos de Ptolomeu e Copérnico estiveram no centro do confronto entre Galileu e a Igreja. Tanto num sistema como no outro, os astros seguem trajetórias circulares, com velocidades constantes. Para adaptar essa concepção ideal aos dados reais, Ptolomeu e Copérnico foram obrigados a usar vários truques. Um deles: fazer os corpos celestes percorrerem pequenas circunferências (epiciclos), que eram arrastadas em órbitas circulares maiores (deferentes).
    A cosmologia só se livrou destes e de outros artifícios quando Kepler constatou que as trajetórias dos planetas eram elípticas – e não circulares – e suas velocidades variavam ao longo da órbita. Com base nessas descobertas, ele realizou uma reforma radical do modelo copernicano. Apesar de conhecer a obra de Kepler, Galileu jamais abriu mão da idéia da circularidade dos movimentos celestes.
    Na teoria de Copérnico, a Terra se move em torno do Sol. Mas seus dados foram corrigidos pelas observações de Ticho Brahe. Com base nelas e em seus próprios cálculos, Kepler reformou radicalmente o modelo copernicano e chegou a uma descrição realista do sistema solar.
    O movimento da Terra era negado pelos partidários de Aristóteles e Ptolomeu. Eles diziam que, caso a Terra se movesse, as nuvens, os pássaros no ar ou os objetos em queda livre seriam deixados para trás. Galileu combateu essa idéia, afirmando que, se uma pedra fosse abandonada do alto do mastro de um navio, um observador a bordo sempre a veria cair em linha reta, na vertical. E, baseado nisso, nunca poderia dizer se a embarcação estava em movimento ou não. Caso o barco se movesse, porém, um observador situado na margem veria a pedra descrever uma curva descendente – porque, enquanto cai, ela acompanha o deslocamento horizontal do navio. Tanto um observador quanto o outro constataria que a pedra chega ao convés exatamente no mesmo lugar: o pé do mastro. Pois ela não é deixada para trás quando o barco se desloca. Da mesma forma, se fosse abandonada do alto de uma torre, a pedra cairia sempre ao pé da mesma – quer a Terra se mova ou não.
    O cardeal Bellarmino presidiu o tribunal que proibiu a teoria copernicana. Culto e moderado, ele conseguiu poupar Galileu. Estimulado pelo novo papa Urbano VIII, seu grande admirador, o cientista voltou à carga. Mas o vaidoso papa sentiu-se ridicularizado num livro de Galileu. E isso motivou sua condenação.
    O percurso das balas de canhão e a queda dos corpos também foram estudadas por Galileu. Ele demonstrou que a curva descrita pelos projéteis é um arco de parábola e que os corpos caem em movimento uniformemente acelerado. Segundo as biografias romanceadas do cientista, ele teria realizado um experimento que desmoralizou definitivamente a física aristotélica. Subindo ao alto da torre de Pisa, deixou cair, no mesmo instante, dois corpos esféricos de volumes e massas diferentes: uma bala de mosquete e outra de canhão. Contra as expectativas dos acadêmicos aristotélicos, que apostavam na vitória da bala de canhão e na derrota do cientista, os corpos chegaram rigorosamente juntos ao chão. O historiador da ciência Alexandre Koyré demonstrou que, assim como muitos outros mitos que enfeitam os relatos sobre a vida de Galileu, a famosa experiência de Pisa jamais ocorreu. Ela foi, na verdade, um experimento mental, que o cientista realizou no recesso de sua consciência, e não um ruidoso espetáculo público. Sabia-se, desde o final da Idade Média, que a velocidade dos corpos aumentava à medida que eles caíam. E também se conhecia a lei matemática que descreve os movimentos uniformemente acelerados. O mérito de Galileu foi juntar as duas coisas e mostrar que, descartada a resistência do ar, todos os objetos caem com a mesma aceleração.
    A punição, mesmo assim, abalou ainda mais a saúde de Galileu. Mas não destruiu seu ímpeto criativo. Longe da excitação intelectual da corte dos Medici e das perigosas polêmicas sobre os modelos do mundo, na calma campestre de sua villa particular em Alcetri, perto de Florença, ele retomou seus velhos estudos de cinemática, a disciplina que investiga o movimento dos corpos. Em 1638, aos 74 anos, publicou seu mais importante tratado científico, os Discorsi intorno a due nuove scienze (Discursos sobre duas novas ciências), no qual, entre outros tópicos, discute a estrutura da matéria, a queda livre dos corpos e a trajetória dos projéteis. Cego e entrevado pela artrite, ele viveu ainda quatro anos. Cercada pela reverente atenção de discípulos ilustres, como Castelli, Cavalieri, Torricelli e Viviani, a chama de sua inteligência brilhou até o fim.
    A condenação de Galileu representou um enorme trauma nas relações entre ciência e religião. Lentamente, a Igreja procurou corrigir o seu ato. Em 1893, na encíclica Providentissimus Deus, o papa Leão XIII adotou o modo de interpretação da Bíblia proposto por Galileu.
    Em 1992, o papa João Paulo II reconheceu formalmente o erro cometido – resultante, segundo ele, de "uma trágica e recíproca incompreensão".
    Curiosidades:
    "Galileu Galilei foi o descobridor da parábola


    Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças atuavam simultaneamente, concluindo que o trajeto da bala não seria formado por duas linhas retas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte."





    Maria Luiza Afonso, 1º Médio, Adventista de São caetano do Sul

    ResponderExcluir
  2. Galileu Galilei
    Grande físico,matemáticoe astrônomo,Galileu nasceu na Itália.Galileu foi o primeiro a contestar as afirmações de Aristóteles, que, até aquele momento, havia sido o único a fazer descobertas sobre a física. Neste período ele fez a balança hidrostática, que, posteriormente, deu origem ao relógio de pêndulo. A partir da informação da construção do primeiro telescópio, na Holanda, ele construiu a primeira luneta astronômica e, com ela, pôde observar a composição estelar da Via Látea, os satélites de Júpiter, as manchas do Sol e as fases de Vênus. Por sua visão heliocêntrica, o astrônomo italiano teve que ir a Roma em 1611, pois estava sendo acusado de herege. Condenado, foi obrigado a assinar um decreto do Tribunal da Inquisição, onde declarava que o sistema heliocêntrico era apenas uma hipótese. Contudo, em 1632, ele voltou a defender o sistema heliocêntrico e deu continuidade aos seus estudos.Em 1642, ele morreu cego e condenado pela Igreja Católica por suas convicções científicas. Teve suas obras censuradas e proibidas.

    ResponderExcluir
  3. Bruno Campos - 1ºEM - Adventista de SCS5 de março de 2009 09:32

    Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei, Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.
    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.
    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    ResponderExcluir
  4. COLÉGIO ADVENTISTA DE SÃO CAETANO DO SUL

    Gabriel Scagliera 1EM

    CURIOSIDADES SOBRE GALILEU GALILEI

    - Galileu Galilei foi o descobridor da parábola
    Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças atuavam simultaneamente, concluindo que o trajeto da bala não seria formado por duas linhas retas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte.
    -CURIOSIDADES
    * Sua principal contribuição para a astronomia foi o uso do telescópio para a observação das manchas solares, vales e montanhas lunares, dos quatro satélites maiores de Júpiter e das fases de Vênus.
    * No campo da física, descobriu as leis que regem a queda dos corpos e o movimento dos projéteis.
    * A última obra de Galileu, Discursos e Demonstrações Matemáticas sobre Duas Novas Ciências, publicada em Leiden em 1638, revisa e aprimora seus primeiros estudos sobre o movimento e os princípios da mecânica em geral.
    * No ano de 1595, quando Galileu Galilei observando o movimento de oscilação de um lustre na Catedral de Pisa, descobre e aplica a Lei do Pêndulo, a relojoaria recebe uma das mais importantes contribuições que lhe permitiram penetrar no terreno da medição precisa do tempo.
    * Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.
    * Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, e o termómetro de Galileu.
    * Galileu Galilei era italiano, nasceu em Pisa no dia 15 de fevereiro de 1564 e morreu em Florença no dia 8 de janeiro de 1642.

    ResponderExcluir
  5. Ranieri Heredia Gonçalves . 1º médio. Nº 30 CASCS5 de março de 2009 10:03

    Galileu fez o seu primeiro telescópio em 1609, a partir de outros modelos que ampliavam três vezes os objectos. O seu primeiro telescópio ampliava nove vezes, e no final desse ano construiu um que ampliava 20 vezes. Este telescópio permitiu-lhe observar a Lua, e discordar mais uma vez com as teorias de Aristóteles. Segundo este, a Lua era uma esfera perfeita e pura. Mas, Galileu descobriu que a Lua tinha crateras, fendas e altíssimas montanhas.

    ResponderExcluir
  6. Josué F. Silva 1° M Colegio Adv. São Caetano do Sul5 de março de 2009 16:21

    "Quem descobriu o planeta Júpiter"

    Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar, um planeta gigante, duas vezes e meia mais massivo que todos os outros planetas do Sistema Solar reunidos, 1330 vezes o Volume da Terra.

    Seu centro é formado por rochas incandescentes com temperaturas de 20.000°C. Sua atmosfera é um oceano de hidrogênio liquido a uma temperatura de 173°C negativos, incrivelmente tempestuosa e turbulenta, com ventos de até 400 km/h. Se destaca em sua atmosfera a Grande Mancha Vermelha, um gigantesco ciclone aonde caberiam três planetas Terra, que nunca se dissipou. Júpiter leva doze anos terrestres para dar uma volta em torno do Sol, seu dia dura 10h, sua distância média do Sol é de 740.000.000 (milhões) de quilômetros e seu diâmetro é de 142.800 quilômetros. Júpiter possui 16 satélites, e um anel (como o de Saturno) quase imperceptível.

    Júpiter já é observado desde a antigüidade, onde recebeu este nome.

    Júpiter era o nome do Deus Supremo, mestre do céu e devido ao seu brilho constante e majestoso recebeu este nome. O primeiro a observá-lo com um telescópio foi Galileu Galilei em 1610, e descobriu quatro de suas luas, que receberam estes nomes: Io; Europa; Galimedes; Calisto.

    ResponderExcluir
  7. Josué F. Silva 1° M Colegio Adv. São Cetano do Sul5 de março de 2009 16:23

    "Galileu Galilei foi o descobridor da parábola"

    Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças atuavam simultaneamente, concluindo que o trajeto da bala não seria formado por duas linhas retas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte.

    ResponderExcluir
  8. kaio romero garrone6 de março de 2009 08:25

    foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    ResponderExcluir
  9. Sua principal contribuição para a astronomia foi o uso do telescópio para a observação das manchas solares, vales e montanhas lunares, dos quatro satélites maiores de Júpiter e das fases de Vênus.Em novas observações, voltou seu telescópio para a Via Láctea e chegou à conclusão (certa) de que a pálida névoa luminosa era composta de milhares de estrelas. Galileu também observou em 1610 que Júpiter tinha quatro satélites luminosos.Neste mesmo ano Galileu constatou a forma peculiar de Saturno, cujos anéis foram identificados vários anos depois por Christian Huygêns. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.
    Em 1533, o matemático e astrônomo polonês Nicolau Copérnico havia publicado uma grande obra que defendia a teoria que a Terra se move em torno do Sol. A teoria foi defendida e desenvolvida por Galileu que ao afirmar que a teoria de Copérnico segundo a qual a Terra gira ao redor do Sol, era correta (negando os ensinamentos de Ptolomeu e Aristóteles, considerados, pela Igreja, como verdade absoluta), ele foi chamado a Roma pela Inquisição, que o acusava de "suspeita grave de heresia". Finalmente, foi intimado a não divulgar suas idéias,mesmo assim, foi condenado à prisão perpétua, pena diminuída para prisão domiciliar.
    Galileu morreu em 8 de Janeiro de 1642. Foi enterrado na Capela de Santa Croce, em Florença.

    Nome: Beatriz C. Dalla Vecchia colégio: Adventista de Diadema Série: 1° E.M.A

    ResponderExcluir
  10. Galileu também observou que a Lua não era como se pensava, uma esfera lisa com luz própria. Observou que sua superfície era marcada por vales e montanhas e que sua luz era refletida.
    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana.
    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".
    O interesse na Física (Ciência considerada de sonhadores, na época) e na Matemática o levou a largar a Medicina (em 1585) para dar palestras na Academia de Florença por alguns anos. Nessa época, passava muito de seu tempo tentando imaginar explicações matemáticas para o movimento de corpos. No campo da física, descobriu as leis que regem a queda dos corpos e o movimento dos projéteis. A última obra de Galileu, Discursos e Demonstrações Matemáticas sobre Duas Novas Ciências, publicada em Leiden em 1638, revisa e aprimora seus primeiros estudos sobre o movimento e os princípios da mecânica em geral. Este livro abriu o caminho que levou Newton a formular a lei da gravitação universal.
    Galileu simboliza a defesa da liberdade da investigação científica sem interferências filosóficas e teológicas.


    Nome: Ana Carolina S.Bonifácio colégio: Adventista de Diadema Série: 1° E.M.A

    ResponderExcluir
  11. Nome:Nayara Mendes A.Araujo Ano:1ºB
    Colegio:Colegio Aventista de Diadema

    Galileu Galilei nasceu em 15 de Fevereiro de 1564 na cidade de Pisa. Filho de Vicenzo Galilei e de Giulia Ammannati, herdou do pai um grande gosto pela música e uma enorme aptidão para a matemática, e da mãe um carácter forte e persistente. Em 1574 a sua família mudou-se para Florença e Galileu foi estudar para o Mosteiro de Camaldolese. Com apenas 17 anos ingressou na Universidade de Pisa, para estudar Medicina, onde permaneceu durante quatro anos, tendo abandonado esse curso para se dedicar ao estudo da física, da astronomia e da matemática.
    Aos 25 anos foi nomeado professor de Matemática da Universidade de Pisa e em 1592 tornou-se professor na Universidade de Pádua, onde permaneceu até aos 43 anos. Aqui efectuou diversas descobertas. Algumas das descobertas mais importantes são as leis do pêndulo e a lei da queda dos graves. Entre as suas invenções contam-se a do termoscópio e do telescópio.
    Diz a lenda que, quando foi julgado por heresia, em 1633, e forçado a rejeitar a sua crença de que a Terra se movia à volta do Sol, Galileu teria murmurado: "Eppur si muove" ("No entanto move-se"). Morreu em 8 de Janeiro de 1642 em Arcetri, completamente cego.

    ResponderExcluir
  12. Barbara Aieska 2º C.A.S.C.Sul6 de março de 2009 13:35

    Grande Físico, Matemático e Astrônomo, Galileu Galilei nasceu na Itália no ano de 1564. Durante sua juventude ele escreveu obras sobre Dante e Tasso. Ainda nesta fase, fez a descoberta da lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Foi um dos principais representantes do Renascimento Científico dos séculos XVI e XVII.
    Em 1642, ele morreu cego e condenado pela Igreja Católica por suas convicções científicas. Teve suas obras censuradas e proibidas. Contudo, uma de suas obras (sobre mecânica) foi publicada mesmo com a proibição da Igreja.

    ResponderExcluir
  13. Adriane Cristine Marzani6 de março de 2009 15:52

    Colégio Adventista de Diadema...
    Adriane Cristine Marzani...
    Série: 1º EM. B. nº1

    Galileu Galilei - Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças atuavam simultaneamente, concluindo que o trajeto da bala não seria formado por duas linhas retas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte.

    ResponderExcluir
  14. Galileu Galilei foi o descobridor da parábola

    Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças atuavam simultaneamente, concluindo que o trajeto da bala não seria formado por duas linhas retas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte.

    "Interessantíssimo. Juro-te que não sabia disso. Mas valeu a pena essa pesquisa." P.A.A.

    Paula Aparecida de Araújo - CAD - 1°B

    ResponderExcluir
  15. Galileu foi um fisico, matematico, astronomo, filosofo italiano.
    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea.
    Bom aqui foi um pouco de Galileu espero q vocês tenham gostado
    Matheus Simão Azzi 1º ano

    ResponderExcluir
  16. André Luiz Reis de Almeida6 de março de 2009 17:15

    Desde cedo, galileu foi um jovem muito curioso. Seu pai era um homem de notável cultura e foi o primeiro mestre e grande motivador em seus estudos. O sonho de seu pai era que sei filho se tornasse médico e, com essa intenção Galileu foi enviado a Pisa. Entretanto, a matemática, considerada a ciência dos sonhadores, era o que mais o atría.

    conta-se que, certa vez, Galileu estava na brasílica de Pisa quando sua atenção foi atrída peli movimento de uma luminária pendurada em uma longa corda, que fora empurrada por um sacristão. Aquele movimento pendular o intrigou de tal forma que mediu com as batidas do própio pulso o tempo que a lâmpadagastava em sua oscilação e percebeu que os tempos eram sempre iguais. Em sua oscilação estava em função do comprimento do pêndulo e utilizou esse fato para construir um relógio muito usado nos séculos seguintes.

    André Luiz Reis de Almeida 1°M b
    Colégio Adventisra Diadema

    ResponderExcluir
  17. Aluna: Erika Fernandes; 1° EMB; Colégio Adeventista de Diadema.

    Galileu Galilei:

    Ele foi um grande físico, matemático e astrônomo, nasceu na Itália em 1564. Fez a descoberta da lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Foi um dos principais representantes do Renascimento Científico dos séculos XVI e XVII.

    Seu pai queria que fosse médico, então desembarcou no porto de Pisa para seguir essa profissão. Mas era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas (que, na época, era considerada uma ciência de sonhadores).

    Foi o primeiro a contestar as afirmações de Aristóteles, que, até aquele momento, havia sido o único a fazer descobertas sobre a física; ele fez a balança hidrostática, que, posteriormente, deu origem ao relógio de pêndulo; ele construiu a primeira luneta astronômica e, com ela, pôde observar a composição estelar da Via Látea.

    Principais Realizações:

    ♦ A Luneta Astronômica, com a qual descobriu, entre outras coisas, as montanhas da Lua, os satélites de Júpiter, as manchas solares, e, principalmente, os planetas ainda não conhecidos.
    ♦ A balança hidrostática
    ♦ O compasso geométrico e militar
    ♦Foi o primeiro a contestar as idéias de Aristóteles
    ♦Descobriu que a massa não influi na velocidade da queda.

    Em 1642, ele morreu cego e condenado pela Igreja Católica por suas convicções científicas. Teve suas obras censuradas e proibidas. Contudo, uma de suas obras (sobre mecânica) foi publicada mesmo com a proibição da Igreja, pois seu local de publicação foi em zona protestante, onde a interferência católica não tinha influência significativa. A mesma instituição que o condenou o absolveu muito tempo após a sua morte, em 1983.

    ResponderExcluir
  18. Lucas Souza de Santana, Colégio Adventista de Diadema - 1º EM B

    Galileu Galilei, foi um grande físico, matemático e astrônomo, nasceu na Itália em 1564. Em sua juventude escreveu obras sobre Dante e Tasso. Nesta mesma fase, fez a descoberta da lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia. Foi um dos principais representantes do Renascimento Científico dos séculos XVI e XVII.
    O pai de Galileu Galilei queria que ele fosse médico e o mandou estudar em Pisa. Porém ele estava mais interessado em física e matemática. A vocação do aluno também descontentou o professor Orazio Morandi, que o estimulava a seguir a carreira artística.
    Sua primeira contribuição à ciência se deu no Duomo de Pisa. O sacristão acabara de acender uma lâmpada pendurada numa longa corda e a empurrara. O movimento pendular foi medido com as batidas do coração de Galileu. Ele percebeu que o tempo de cada oscilação era sempre igual e formulou a lei do "isocronismo" do pêndulo. Assim, encontrou o primeiro uso prático para aquela regularidade e desenhou um modelo de relógio.
    Galileu desenvolveu os fundamentos da mecânica com o estudo de máquinas simples (alavanca, plano inclinado, parafuso etc.). Entre suas criações se destacam: o binóculo, a balança hidrostática, o compasso geométrico, uma régua calculadora e o termobaroscópio: feito para medir a pressão atmosférica, porém, serviu como termômetro.
    A partir de suas descobertas astronômicas, defendeu a tese de Copérnico de que a Terra não ficava no centro do Universo. Como essa teoria era contrária ao dogma da Igreja, foi perseguido, processado duas vezes e obrigado a negar (abjurar) suas idéias publicamente. Foi banido para uma vila de Arcetri, perto de Florença, onde viveu em um regime semelhante à prisão domiciliar.

    As longas horas ao telescópio causaram sua cegueira. A amargura dos últimos anos de sua vida foi agravada pela morte de sua filha Virgínia, que se dedicara à vida religiosa com o nome de soror Maria Celeste. Em 1992, 341 anos após Galileu morrer, a Igreja reviu o processo da Inquisição e decidiu pela sua absolvição.

    ResponderExcluir
  19. GALILEU GaLILEI ..ele acreditava no heliocentrismo. a teoria que acredita que o sol é o centro do universo.
    ele consDesenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu eMuitas idéias fundamentadas por Aristóteles foram colocadas em discussão por indagações de Galilei. Entre elas, a dos corpos leves e pesados caírem com velocidades diferentes. Segundo ele, os corpos leves e pesados caem com a mesma velocidade.
    ele morreu em 1642 cego e perseguido pela igeja catolica;
    Amanda aalves de araujo.
    colegio adventista de diadema
    1ªmedio b

    ResponderExcluir
  20. Foi um fisico, matemático, astronomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução cientifica.Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana.
    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo.

    Kaio felipe 1°A médio Colégio adventista de diadema

    ResponderExcluir
  21. Danilo Aguiar 1ºEM A Cad...7 de março de 2009 11:58

    Iai Psor Eu Ai Dinovo....
    Sou u Danilo Do 1ºEm A Do CAD....
    Tai Suas Curiosidades...
    *Galileu Galilei ficou conhecido como o " Legislador Dos Céus" por ter arquitetado as três leis mais importantes do movimento planetário
    *Seu Pai Queria Que Ele Fosse Comerciante Ou Religioso, Mas Galileu Preferiu Se Tornar Quimico, Decepcionando Seu Pai...
    *Se Formou Em Antes De Se Formar Em Fisica...

    Axu Que Tah Bom....
    Flw Psor...
    Te Vejo Na Segunda...Qandu Precisar De Mais Comentários Me Dá Um Toque....

    ResponderExcluir
  22. Vinicius 1ºEMA CADiadema =D7 de março de 2009 12:17

    Eae professor .
    Blz ?
    Sou o Vinicius do 1ºEMA do CADiadema !

    Curiosidades :

    *Galileu Galilei se formou em Fisica Matematica e Astronomia

    *Sua primeira contribuição à ciência se deu no Duomo de Pisa. O sacristão acendeu uma lâmpada pendurada numa longa corda e a empurrou.O movimento pendular foi medido com as batidas do coração de Galileu.Ele percebeu que o tempo de cada oscilação era gual e formulou a lei do "isocronismo".

    *A torre inclinada de Pisa , foi o lugar onde ele contestou a tese de Aristóteles que era que quanto mais pesado um corpo mais rapido ele chegava ao chao , de la da torre ele jogou duas esferas de pesos diferentes só que as duas chegaram ao chão juntos , ai ele provou que a tese de Aristóteles era mentira !

    ResponderExcluir
  23. ah , não acredito que perdi essa ¬¬' Augusto 3ºEM CAD

    ResponderExcluir
  24. Em 1638, Galilei Galileu quando já estava completamente cego publicou Discorsi e Dimostrazioni Matematiche Intorno a Due Nuove Scienze em Leiden, na Holanda, a sua obra mais importante. Nela discute as leis do movimento e a estrutura da matéria. (Talisson, 1°ano B, Colégio Adventista de Diadema)

    ResponderExcluir
  25. Físico, Matemático e astrônomo Italiano, Galileu Galilei (1564-1642) descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia.
    Ele era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas, que na época, era considerada uma ciência de sonhadores.
    Aristóteles era o único que havia descoberto algo sobre a Física, ninguém o contestava, até surgir Galileu.
    Galileu foi o primeiro a contestar as afirmações de Aristóteles, que até aquele momento, havia sido o único a fazer descobertas sobre a física. Neste período ele fez a balança hidrostática, que posteriormente, deu origem ao relógio de pêndulo. A partir da informação da construção do primeiro telescópio, na Holanda, ele construiu a primeira luneta astronômica e, com ela, pôde observar a composição estelar da Via Látea, os satélites de Júpiter, as manchas do Sol e as fases de Vênus.


    Colégio Adventista de Diadema
    Nome: Jaqueline Cecília Rodrigues
    Série: 1°B - Ensino Médio

    ResponderExcluir
  26. Galileu Galilei foi matemático, astrônomo e físico italiano.
    Desenvolveu o telescópio astronômico e foi o primeiro a observar manchas solares, os quatro principais satélites de Júpiter e as fases de Venus, provando que a Terra orbita em volta do Sol.
    Na mecânica, ele descobriu que um corpo em queda livre, tem sempre a mesma aceleração, independentemente da sua massa.
    Mostrou também que um corpo em movimento numa superfície horizontal perfeitamente lisa não tem aceleração - positiva ou negativa.

    O trabalho de Galileu estabeleceu o método científico moderno na dedução de leis para explicação de resultados de observações e experiências. As suas observações tornaram-se uma refutação das idéias de Aristóteles, ensinadas nas universidades (então dirigidas pela igreja). Pela primeira vez, tornava-se aceito o modelo heliocêntrico (Sol no centro) do astrônomo polaco Nicolau Copérnico. O persuasivo Dialogo Sopra i Due Massimi Sistemi del Mondo (1632) de Galileu foi banido pelas autoridades eclesiásticas em Roma, tendo sido obrigado a retratar-se pela Inquisição.
    Galileu descobriu, em 1583, que cada oscilação de um pêndulo demora exatamente o mesmo tempo, independentemente das diferenças de amplitude. Inventou o termômetro e a balança hidrostática e descobriu que a trajetória de um projétil é parabólica.
    Galileu publicou De Motu, em 1590. Tendo construído os seus próprios telescópios, publicou as suas primeiras descobertas no Sidereus Nuncius (1610), livro que causou sensação pela Europa inteira. Resumiu o trabalho de uma vida inteira no Discorsi e Dimostrazioni Matematiche Intorno a Due Nove Scienze. O manuscrito deste livro foi secretamente levado para fora de Itália e publicado na Holanda, em 1638.

    (Nome: DAYNA MARIANA N. R. DOS SANTOS N°:11 SÉRIE: 1° ANO DO ENSINO MEDIO DO COLÉGIO ADVENTISTA DE DIADEMA)

    ResponderExcluir
  27. Galileu Galilei,deu início à revolução científica com o descobrimento do telescópio.
    Sua principal contribuição foi para a astronomia,com a observação das manchas solares, vales e montanhas lunares, dos quatro satélites maiores de Júpiter e das fases de Vênus.
    Galileu tirou a astronomia da área das verdades absolutas e passou-a para o terreno das novas ciências experimentais.


    Gisele Peixoto -1°MA 'Colégio Adventista de Diadema'

    Beijo Prô ;*

    ResponderExcluir
  28. Kamila Cordeiro. / Número: 18 / 1º em B
    Colégio Adventista de Diadema.

    Galileu Galilei!
    Galileu Galilei foi um Físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel importante na chamada revolução científica.
    Ele desenvolveu os primeiros estudos sitemáticos movimento uniformemente acelerado e movimento pêndulo.Descobriu a lei dos corpos (inércia).
    Galileu melhorou muitissimo o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares. E descobriu também as montanhas da lua, quatro dos sátelites de júpiter, os anéis de saturno, etc. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.
    Além de todas essas descobertas Galileu inventou o 'compasso'.
    Galileu contribuiu muito e muito para a ciência em geral.

    ResponderExcluir
  29. Galileu Galilei um italiano que foi físico, matemático, astrónomo e filósofo que teve um papel importante na chamada revolução científica.
    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico.
    E ele fez tudo isso tomando muito cuidado para nao ser preso e morto pela igreja católica, que ainda exercia muito poder sobre a população.

    Jaqueline Tomioka n°22 Colegio Adventista de Diadema.

    ResponderExcluir
  30. Principais Realizações

    A Luneta Astronômica, com a qual descobriu, entre outras coisas, as montanhas da Lua, os satélites de Júpiter, as manchas solares, e, principalmente, os planetas ainda não conhecidos.
    A balança hidrostática
    O compasso geométrico e militar
    Foi o primeiro a contestar as idéias de Aristóteles
    Descobriu que a massa não influi na velocidade da queda.


    Físico, Matemático e astrônomo Italiano, Galileu Galilei (1564-1642) descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Por pouco Galileo não seguiu a carreira artística. Um de seus primeiros mestres, d. Orazio Morandi, tentou estimulá-lo a partir da coincidência de datas com Michelângelo (que havia morrido três dias depois de seu nascimento). Seu pai queria que fosse médico, então desembarcou no porto de Pisa para seguir essa profissão. Mas era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas

    Nome: LETÍCIA PIONNA
    1° MÉDIO B
    COLÉGIO ADVENTISTA DE DIADEMA

    ResponderExcluir
  31. Galileu foi o primeiro a contestar as afirmações de Aristóteles, que, até aquele momento, havia sido o único a fazer descobertas sobre a física. Neste período ele fez a balança hidrostática, que, posteriormente, deu origem ao relógio de pêndulo. A partir da informação da construção do primeiro telescópio, na Holanda, ele construiu a primeira luneta astronômica e, com ela, pôde observar a composição estelar da Via Látea, os satélites de Júpiter, as manchas do Sol e as fases de Vênus. Esses achados astronômicos foram relatados ao mundo através do livro Sidereus Nuntius (Mensageiro das Estrelas), em 1610. Foi através da observação das fases de Vênus, que Galileu passou a enxergar embasamento na visão de Copérnico (Heliocêntrico – O Sol como centro do Universo) e não na de Galileu, onde a Terra era vista como o centro do Universo.

    ResponderExcluir
  32. Grande Físico, Matemático e Astrônomo, Galileu Galilei nasceu na Itália no ano de 1564. Durante sua juventude ele escreveu obras sobre Dante e Tasso. Ainda nesta fase, fez a descoberta da lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Foi um dos principais representantes do Renascimento Científico dos séculos XVI e XVII.
    Galileu foi o primeiro a contestar as afirmações de Aristóteles, que, até aquele momento, havia sido o único a fazer descobertas sobre a física. Neste período ele fez a balança hidrostática, que, posteriormente, deu origem ao relógio de pêndulo. A partir da informação da construção do primeiro telescópio, na Holanda, ele construiu a primeira luneta astronômica e, com ela, pôde observar a composição estelar da Via Látea, os satélites de Júpiter, as manchas do Sol e as fases de Vênus. Esses achados astronômicos foram relatados ao mundo através do livro Sidereus Nuntius (Mensageiro das Estrelas), em 1610. Foi através da observação das fases de Vênus, que Galileu passou a enxergar embasamento na visão de Copérnico (Heliocêntrico – O Sol como centro do Universo) e não na de Galileu, onde a Terra era vista como o centro do Universo.
    Por sua visão heliocêntrica, o astrônomo italiano teve que ir a Roma em 1611, pois estava sendo acusado de herege. Condenado, foi obrigado a assinar um decreto do Tribunal da Inquisição, onde declarava que o sistema heliocêntrico era apenas uma hipótese. Contudo, em 1632, ele voltou a defender o sistema heliocêntrico e deu continuidade aos seus estudos.

    Muitas idéias fundamentadas por Aristóteles foram colocadas em discussão por indagações de Galilei. Entre elas, a dos corpos leves e pesados caírem com velocidades diferentes. Segundo ele, os corpos leves e pesados caem com a mesma velocidade.

    Em 1642, ele morreu cego e condenado pela Igreja Católica por suas convicções científicas. Teve suas obras censuradas e proibidas. Contudo, uma de suas obras (sobre mecânica) foi publicada mesmo com a proibição da Igreja, pois seu local de publicação foi em zona protestante, onde a interferência católica não tinha influência significativa. A mesma instituição que o condenou o absolveu muito tempo após a sua morte, em 1983.


    Colégio Adventista de Diadema

    Alan Leme - 1° Médio B

    ResponderExcluir
  33. Físico, Matemático e astrônomo Italiano, Galileu Galilei (1564-1642) descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Por pouco Galileu não seguiu a carreira artística.
    Um de seus primeiros mestres, Orazio Morandi, tentou estimulá-lo a partir da coincidência de datas com Michelângelo (que havia morrido três dias depois de seu nascimento). Seu pai queria que fosse médico, então desembarcou no porto de Pisa para seguir essa profissão. Mas era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas (que, na época, era considerada uma ciência de sonhadores).
    A publicação das observações que Galileu escreveu foram muito criticadas por astrónomos ligados a Cláudio Ptolomeu. Ele tinha concordado numa ideia de outro publicando noutro livro no que deu más ideias e criticas, sendo contrarias as da bíblia. Por esse motivo é que ele julgado e condenado em 1633. Morreu cego em 8 de junho de 1742 .

    ▬ Principais Realizações

    • A Luneta Astronômica, com a qual descobriu, entre outras coisas, as montanhas da Lua, os satélites de Júpiter, as manchas solares, e, principalmente, os planetas ainda não conhecidos.
    • A balança hidrostática
    • O compasso geométrico e militar
    • Foi o primeiro a contestar as idéias de Aristóteles
    • Descobriu que a massa não influi na velocidade da queda.


    Por: Lucas Lins
    1º Ensino Médio B
    Colégio Adventista de Diadema. ~ CAD

    ResponderExcluir
  34. Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei, Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    ass:Daiane de souza moura 1ºB COLEGIO ADVENTISTA DE DIADEMA.

    ResponderExcluir
  35. Galileu Galilei :
    Astrônomo, físico e escritor italiano, nasceu em 1564 em Pisa e morreu em 1642 em Arcetri.
    No campo da física, descobriu as leis que regem a queda dos corpos e o movimento dos projéteis. Em seu tratado intitulado Diálogo sobre os Sistemas Máximos (1632), defendeu a teoria de Copérnico, segundo a qual a Terra gira ao redor do Sol. Galileu foi chamado a Roma pela Inquisição, que o acusava de "suspeita grave de heresia". Finalmente, foi obrigado a abjurar de suas teorias em 1633 e, mesmo assim, foi condenado à prisão perpétua, pena diminuída para prisão domiciliar.
    A última obra de Galileu, Discursos e Demonstrações Matemáticas sobre Duas Novas Ciências, publicada em Leiden em 1638, revisa e aprimora seus primeiros estudos sobre o movimento e os princípios da mecânica em geral. Este livro abriu o caminho que levou Newton a formular a lei da gravitação universal.
    Galileu simboliza a defesa da liberdade da investigação científica sem interferências filosóficas e teológicas. O papa João Paulo II abriu em 1979 uma investigação sobre a condenação eclesiástica do astrônomo e em outubro de 1992 o Vaticano reconheceu que errou em seu julgamento sobre a obra de Galileu.

    ass:Melissa-n°26
    1° médio B
    Colégio Adventista de Diadema

    ResponderExcluir
  36. Galileu também observou que a Lua não era como se pensava, uma esfera lisa com luz própria. Observou que sua superfície era marcada por vales e montanhas e que sua luz era refletida.
    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana.
    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".
    O interesse na Física (Ciência considerada de sonhadores, na época) e na Matemática o levou a largar a Medicina (em 1585) para dar palestras na Academia de Florença por alguns anos. Nessa época, passava muito de seu tempo tentando imaginar explicações matemáticas para o movimento de corpos. No campo da física, descobriu as leis que regem a queda dos corpos e o movimento dos projéteis. A última obra de Galileu, Discursos e Demonstrações Matemáticas sobre Duas Novas Ciências, publicada em Leiden em 1638, revisa e aprimora seus primeiros estudos sobre o movimento e os princípios da mecânica em geral. Este livro abriu o caminho que levou Newton a formular a lei da gravitação universal.
    Galileu simboliza a defesa da liberdade da investigação científica sem interferências filosóficas e teológicas.
    josé luiz...cad primeiro a

    ResponderExcluir
  37. Em 1586 ele inventou a balança hidrostática para a determinação do peso específico dos corpos, e escreveu um trabalho La bilancetta, que só publicaram depois da sua morte.
    Em 1597 inventou uma régua de cálculo, o "compasso geométrico-militar", um instrumento matemático com várias escalas.
    Nesta época explicou que o período de um pêndulo não depende de sua amplitude, e propôs teorias dinâmicas que só poderiam ser observadas em condições ideais. Escreveu o Trattato di mechaniche, que só foi impresso na traduçao para o latim do padre Marino Mersenne, em 1634, em Paris.


    Lucas S. O. Rodrigues

    Escola Adventista de Diadema

    1º Médio A

    ResponderExcluir
  38. Os autores medievais defendiam que a Terra era redonda, mas aceitavam erroneamente o geocentrismo como fora estruturado por Aristóteles e Ptolomeu. Este princípio é anticientífico mas o mais divulgado. Esta reformulação leva a que haja uma encontrar construtivo sucessivo e não uma batalha dogmática. Assim sendo primeiro o homem descobre uma bidimensionalidade da superfície terrestre (terra plana), depois soma o aspecto da forma arredondada, depois em forma esférica, e assim sucessivamente em continuidade construtiva da realidade espacial e física.

    O sistema cosmológico, na ciência, ensinava que a Terra estava parada no centro do universo e os outros corpos orbitavam em círculos concêntricos ao seu redor. A Igreja Católica aceitava esse modelo como sempre aceitou os modelos científicos de cada época, desde que sejam compatíveis com a Verdade revelada. Contudo essa não era uma certeza tradicional na ciência da época e não era um problema discutido. O heliocentrismo já era uma ideia antiga e que nunca despertou grande interesse nem complicação. Essa visão geocêntrica tradicional para alguns hoje foi abalada por Nicolau Copérnico que se limitou a dizer o que já tinha sido divulgado pelos monges copistas em seus manuscritos, que em 1514 começou a divulgar no meio académico clerical um modelo matemático em que a Terra e os outros corpos celestes giravam ao redor do Sol, tese que ficou conhecida como heliocentrismo e que era antiga. Nesse primeiro momento, não se encontram muitas críticas por parte do clero católico nem por parte dos eclesiásticos. Aliás, membros importantes da hierarquia clerical ficaram bem impressionados com o novo modelo e insistiram que essas idéias fossem melhor desenvolvidas. Note-se no entanto que a obra de Copérnico foi publicada com uma nota introdutória que explicava que o modelo apresentado devia ser interpretado apenas como uma ferramenta matemática que simplificava o cálculo das órbitas dos corpos celestes e nunca como uma descrição da realidade. É apresentada como obra matemática astronómica, que era uma coisa estudada nas ciências da época.

    Galileu viveu uma época atribulada. Durante a Idade Média, entendiam que muitos teólogos já haviam reinterpretado e mutilado as escrituras de forma relativamente sem que ocorresse nenhum incidente de não serem detectados como abusadores e prejudiciais à fé do povo, mas depois do Concílio de Trento a Igreja passava a considerar esse tipo de comportamento ainda mais inaceitável, segundo a interpretação do clero, porque o caso do protestantismo provaria que o conhecimento da Doutrina não tinha ficado bem entendido entre muitos católicos que decidiram romper com a sucessão apostólica, doutrina que também seria reinterpretada. Pois o caso de Galileu não implica o heliocentrismo com objecto do processo nem qualquer interpretação bíblica. Galileu acabou condenado por desobediência e por proverir conteúdos nada conformes a Doutrina, por ignorância nestes temas, e a doutrina da Igreja permaneceu por muito tempo fiel como sempre foi, ao mesmo tempo que muitos clérigos apoiaram o geocentrismo e outros o heliocentrismo em disputas académicas.

    ResponderExcluir
  39. Físico, Matemático e astrônomo Italiano, Galileu Galilei (1564-1642) descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Por pouco Galileo não seguiu a carreira artística. Um de seus primeiros mestres, d. Orazio Morandi, tentou estimulá-lo a partir da coincidência de datas com Michelângelo (que havia morrido três dias depois de seu nascimento).

    Seu pai queria que fosse médico, então desembarcou no porto de Pisa para seguir essa profissão. Mas era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas que, na época, era considerada uma ciência de sonhadores.

    Aristóteles era o único que havia descoberto algo sobre a Física, ninguém o contestava, até surgir Galileu. Foi nessa época que descobriu como fazer a balança hidrostática, que originaria o relógio de pêndulo. A partir de um folheto construiu a primeira luneta astronômica em Veneza. Fez observações da Via Láctea a partir de 1610 que o levaram a adotar o sistema de Copérnico. Pressionado pela Igreja, foi para Florença, aonde concluiu com seus estudos que o Centro Planetário era o Sol e não a Terra, essa girava ao redor dele como todos os planetas. Foi condenado pela inquisição e teve que negar tudo no tribunal. Colocou em discussão muitas idéias do filósofo grego Aristóteles, entre elas o fato de que os corpos pesados caem mais rápido que os leves, com a famosa história de que havia subido na torre de Pisa e lançado dois objetos do alto. Essa história nunca foi confirmada, mas Galileu provou que objetos leves e pesados caem com a mesma velocidade. Ao sair do tribunal, disse uma frase célebre: "Epur si Muove!", traduzindo, " e com tudo ela se move ".

    Morreu cego e condenado pela igreja, longe do convívio público. 341 anos após a sua morte, em 1983, a mesma igreja, revendo o processo,decidiu pela sua absolvição.

    Nome:Victória C.T.Castro 1ºB Ensino Médio,
    Colégio Adventista de Diadeama.

    ResponderExcluir
  40. Grande Físico, Matemático e Astrônomo, Galileu Galilei nasceu na Itália no ano de 1564. Durante sua juventude ele escreveu obras sobre Dante e Tasso. Ainda nesta fase, fez a descoberta da lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Foi um dos principais representantes do Renascimento Científico dos séculos XVI e XVII.
    Galileu foi o primeiro a contestar as afirmações de Aristóteles, que, até aquele momento, havia sido o único a fazer descobertas sobre a física. Neste período ele fez a balança hidrostática, que, posteriormente, deu origem ao relógio de pêndulo. A partir da informação da construção do primeiro telescópio, na Holanda, ele construiu a primeira luneta astronômica e, com ela, pôde observar a composição estelar da Via Látea, os satélites de Júpiter, as manchas do Sol e as fases de Vênus. Esses achados astronômicos foram relatados ao mundo através do livro Sidereus Nuntius (Mensageiro das Estrelas), em 1610. Foi através da observação das fases de Vênus, que Galileu passou a enxergar embasamento na visão de Copérnico (Heliocêntrico – O Sol como centro do Universo) e não na de Galileu, onde a Terra era vista como o centro do Universo.

    Nome: Mírian Karoline da Silva
    1º Médio B
    Adventista de Diadema.

    bjos prof. :*

    ResponderExcluir
  41. Bruno 1°B EM CAD

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    ResponderExcluir
  42. VICTOR PEREZ 1°B EM CAD
    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    ResponderExcluir
  43. Galileu Galilei foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano.
    ele desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo
    criou a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna, ele também enunciou o princípio da Inércia
    deu início à revolução científica com o descobrimento do telescópio.

    Nome:alyson vieira luz Ano:1ºA
    Colegio Aventista de Diadema

    ResponderExcluir
  44. Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei, Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    ResponderExcluir
  45. Galileu Galilei foi o descobridor da parábola

    Antes dos estudos de Galileu Galilei, pensava-se que, por exemplo, quando uma bala de canhão fosse disparada, a força impulsionadora a movimentaria para frente enquanto durasse e só então a gravidade agiria. Mas Galileu, depois de muitas observações, verificou que as duas forças atuavam simultaneamente, concluindo que o trajeto da bala não seria formado por duas linhas retas, mas por uma linha curva chamada parábola. O maior uso da descoberta da parábola foi, sem dúvida, na ciência militar, com o bombardeamento cientifico. Ele possibilitava aos militares calcular a distância das balas disparadas através do ângulo do canhão com o horizonte.

    ____
    By:Marina Morais ,
    1°A EM, CAD .

    ResponderExcluir
  46. Jéssica Commenale9 de março de 2009 09:42

    Jéssica Commenale 1°MA n°23 CAD
    Estudos em Pisa~Compasso militar de Galileu.Chegou a ser destinado à carreira religiosa, mas o seu pai queria que fosse médico e por isso inscreveu-o na Universidade de Pisa(Itália). No entanto desistiu de estudar medicina e decidiu estudar matemática. Foi nessa época que inventou a balança hidrostática, cujo mecanismo descreveu no breve tratado "La bilancetta", publicado em 1644. Não chega a terminar os estudos e decide voltar a Florença onde dá aulas particulares para sobreviver e continua os seus estudos de matemática, mecânica e hidrostática.

    Em 1589, com o apoio de Guidobaldo del Monte, matemático e admirador da sua obra, Galileu é admitido para leccionar matemática na Universidade de Pisa como clérigo. Inicia aí o estudo do movimento do pêndulo tendo determinado que o seu período não depende da massa, mas apenas do comprimento do fio. Foi o primeiro a pensar que este fenómeno permitiria fazer relógios muito mais precisos, e chegou já no final da sua vida a trabalhar no mecanismo de escapo que mais tarde originaria o relógio de pêndulo. Também em Pisa realizou as suas famosas experiências de queda de corpos em planos inclinados. Nestas demonstra que a velocidade de queda não depende do peso. Em 1590 publica o pequeno tratado "De motu", sobre o movimento dos corpos materiais.

    ResponderExcluir
  47. Thalita Madeira 1°MA CAD

    Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei, Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    ResponderExcluir
  48. Barbara Nunes 1°MA n°4 CAD

    Os anos em Pádua
    Em 1592, ainda devido à influência de Guidobaldo del Monte, consegue a cátedra de matemática na Universidade de Pádua, onde passaria os 18 anos seguintes "os mais felizes da sua vida". Nesta universidade ensinou geometria, mecânica e astronomia.Tendo sabido da construção do primeiro telescópio, na Holanda e a partir de um folheto, ele começa a construir os seus próprios modelos que vai melhorando até conseguir os melhores telescópios do seu tempo. Ele utiliza o telescópio sobretudo para fazer observações astronómicas e descobre assim que a Via Láctea é composta de miríades de estrelas (e não era uma "emanação" como se pensava até essa época), descobre ainda os satélites de Júpiter, as montanhas e crateras da Lua. Todas essas descobertas foram comunicadas ao mundo no livro Sidereus Nuncius ("Mensageiro das estrelas") em 1610. A observação dos satélites de Júpiter, levaram-no a defender o sistema heliocêntrico de Copérnico.

    Em Pádua ele conhece os seus filhos legítimos.

    ResponderExcluir
  49. Em 1618, três cometas surgiram no firmamento e Galileu descreveu este fenómeno no livro "O Ensaiador". Esta obra explica a trajectória visível dos cometas a partir da teoria de Copérnico. Como consequência, o Papa Urbano VIII obrigou Galileu a escrever um outro livro, onde deveria apresentar os argumentos da teoria de Aristóteles e de Copérnico; mas a conclusão deveria ser que Aristóteles tinha a razão. Nove anos mais tarde, Galileu acabou o seu livro "Diálogo sobre dois sistemas capitais do Mundo". O livro provocou tal perturbação, que Galileu foi julgado por heresia. Os seus fiéis amigos convenceram o Papa a converter a sentença de morte em prisão perpétua. Galileu ficou sob prisão domiciliária e os seus livros foram proibidos. Inicialmente esta situação deixou Galileu deprimido e chegou mesmo a estar gravemente doente. Mas recuperou, e nos seus últimos anos fez importantes descobertas no campo da Mecânica.

    Por : Maria Carla Diniz
    Nº: 31
    Colégio Adventista de Diadema
    Série : 1ºEM/A

    ResponderExcluir
  50. éo AndReziinHo FeraaH !
    Colégiio Adventiista de Diademaa.
    1ºE.m.A

    Iaii Psoor Blz ?
    Dii Boua na Lagoua ?
    Taa aii o coment'z !
    FlOw

    Galileu Galilei:

    Foi um fisico, matemático, astronomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução cientifica.Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana.
    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo.

    ResponderExcluir
  51. Nome: CAIO Henrique 1A

    Galileu Galilei

    Físico, Matemático e astrônomo Italiano, Galileu Galilei (1564-1642) descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da Inércia. Por pouco Galileo não seguiu a carreira artística. Um de seus primeiros mestres, d. Orazio Morandi, tentou estimulá-lo a partir da coincidência de datas com Michelângelo (que havia morrido três dias depois de seu nascimento). Seu pai queria que fosse médico, então desembarcou no porto de Pisa para seguir essa profissão. Mas era um péssimo aluno e só pensava em fazer experiências físicas (que, na época, era considerada uma ciência de sonhadores).

    Aristóteles era o único que havia descoberto algo sobre a Física, ninguém o contestava, até surgir Galileu. Foi nessa época que descobriu como fazer a balança hidrostática, que originaria o relógio de pêndulo. A partir de um folheto construiu a primeira luneta astronômica em Veneza. Fez observações da Via Láctea a partir de 1610 que o levaram a adotar o sistema de Copérnico. Pressionado pela Igreja, foi para Florença, aonde concluiu com seus estudos que o Centro Planetário era o Sol e não a Terra, essa girava ao redor dele como todos os planetas. Foi condenado pela inquisição e teve que negar tudo no tribunal. Colocou em discussão muitas idéias do filósofo grego Aristóteles, entre elas o fato de que os corpos pesados caem mais rápido que os leves, com a famosa história de que havia subido na torre de Pisa e lançado dois objetos do alto. Essa história nunca foi confirmada, mas Galileu provou que objetos leves e pesados caem com a mesma velocidade. Ao sair do tribunal, disse uma frase célebre: "Epur si Muove!", traduzindo, " e com tudo ela se move ". Morreu cego e condenado pela igreja, longe do convívio público. 341 anos após a sua morte, em 1983, a mesma igreja, revendo o processo,decidiu pela sua absolvição.

    Principais Realizações

    * A Luneta Astronômica, com a qual descobriu, entre outras coisas, as montanhas da Lua, os satélites de Júpiter, as manchas solares, e, principalmente, os planetas ainda não conhecidos.
    * A balança hidrostática
    * O compasso geométrico e militar
    * Foi o primeiro a contestar as idéias de Aristóteles
    * Descobriu que a massa não influi na velocidade da queda.

    ResponderExcluir
  52. Thamires Flauzino 1A

    Galileu Galilei

    GALILEU FALECEU COM QUASE 78 ANOS, em 6 de janeiro de 1642. Sua importância vai muito além do histórico confronto com a Inquisição. Em torno dele criaram-se muitas lendas e equívocos.

    Amigo pessoal do Papa que o condenou, seu pior inimigo, na verdade, foi seu próprio temperamento. Galileu muitas vezes se mostrava alegre e comunicativo. Nunca se casou, mas teve quatro filhos. Porém, quando discutia suas idéias era sarcástico, cínico e orgulhoso. Desgastou-se em demasia apenas atacando supostos rivais.

    Hoje, muitos o admiram por coisas que jamais fez, como inventar o telescópio, o termômetro ou o relógio de pêndulo. Também nunca atirou pesos do alto da torre de Pisa para demonstrar que corpos de massas diferentes caem com a mesma velocidade.

    Sua maior contribuição à ciência está no estabelecimento das bases do pensamento científico moderno, o método experimental, ressuscitado dos tempos do velho Arquimedes. É por isso que Galileu Galilei é considerado o pai da Física.

    ResponderExcluir
  53. Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo.
    Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial.
    Desenvolveu vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo.
    Em 1642, ele morreu cego e condenado pela Igreja Católica por suas convicções científicas. Teve suas obras censuradas e proibidas. Contudo, uma de suas obras (sobre mecânica) foi publicada mesmo com a proibição da Igreja, pois seu local de publicação foi em zona protestante, onde a interferência católica não tinha influência significativa. A mesma instituição que o condenou o absolveu muito tempo após a sua morte, em 1983.

    Colégio Adventista de Diadema
    João Lucas de Carvalho Corrêa 1º E.M A

    ResponderExcluir
  54. aluna:mariana da silva alba sala:1 a escola:adventista de diadema data:09/03/o9 galileu-galilei: ele era uma pessoua muito conceituada ,pois ele decobrio varias coisas que usamos até hoje em nossa sociedade e sempre iremos usa-la, mas no comesso começou a usar a geometria ,mas decobrio que gostava era mesmo de matemática.Passouse um tempo ele começou a estudar sobre corpos explicou para aristores que:a queda de um corpo e a rasaõ direta de seu pesso. Também provou com a física ,que na época nimguem acreditava, foi o movimento da terra,e alem de tudo recebeu uma advertencia. Quais foram suas contribuiçoes para a umanidade?R:invençao do telescopio e o termometro ou o relogio de pendulo MAS PORQUE GALILEU FOI CONSIDERADO PAI DA FISÍCA?R:Porque lembrou sobre o estabelecimento das bases do pensamento fisica moderno .E PORISSO FICOU CONHECIDO COMO PAI DA FÍSICA , E TAMBEM PELAS SUAS DESCOBERTAS COMO POREXMPLO:o relógio qui ate hoje nessesitamos dele . PROFESSOR ME DESCULPE POR SÓ HOJE EU TER ENTREGUE O TREBALHO , NAÕ ENTRGUEI ANTES PORQUE NAÕ CNSEGUIA ENCONTRAR O SAITE . MAS AINDA BEM QUE ACHEI!!!

    ResponderExcluir
  55. nome:mariana da silva alba sala:1 a e.m escola:adventista de diadema GALILEU GALILEU:estava estudando geometria e começou a goetar de matemática e foi estudar matematica começou a estudar queda de corpos e afirmou que:um corpo em queda é a razao direta de seu prsso. também provou o movimento da tarra ,mas nimguen de sua época acreditou e recebeu uma advertencia. Oque ele descobrio? r:o telescopio,o termometro, o relogio de pendulo. Mas porque galileu é considerado o pai da fisica?R:o que foi mais marcado de suas historias foi sobre o estabelecimento das bases do pensamento fisico moderno porisso ele e considerado o pai da fisica .

    ResponderExcluir
  56. Galileu fez o seu primeiro telescópio em 1609, a partir de outros modelos que ampliavam três vezes os objectos. O seu primeiro telescópio ampliava nove vezes, e no final desse ano construiu um que ampliava 20 vezes. Este telescópio permitiu-lhe observar a Lua, e discordar mais uma vez com as teorias de Aristóteles. Segundo este, a Lua era uma esfera perfeita e pura. Mas, Galileu descobriu que a Lua tinha crateras, fendas e altíssimas montanhas.

    Fellipe del nobile 1°A adventista de diadema

    ResponderExcluir
  57. Galileu foi um grande matemático,físico e astronômo, que durante sua juventude escreveu obras muito importantes. Foi um dos principais representantes. Foi obrigado a assinar um decreto do Tribunal da Inquisição, onde declarava que o sistema heliocêntrico era apenas uma hipótese. Contudo, em 1632, ele voltou a defender o sistema heliocêntrico e deu continuidade aos seus estudos.
    ntes do Renascimento Científico. ass:Renata 1°EM-A

    ResponderExcluir
  58. Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei, Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    AMANDA DOS PASSOS VARJAO 1 MEDIO
    COLEGIO ADVENTISTA DE SAO CAETANO DO SUL

    ResponderExcluir
  59. Galileu Galilei (em italiano Galileo Galilei, Pisa, 15 de fevereiro de 1564 — Florença, 8 de janeiro de 1642) foi um físico, matemático, astrónomo e filósofo italiano que teve um papel preponderante na chamada revolução científica.

    Galileu Galilei desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e do movimento do pêndulo. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial, idéias precursoras da mecânica newtoniana. Galileu melhorou significativamente o telescópio refractor e com ele descobriu as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vénus, quatro dos satélites de Júpiter, os anéis de Saturno, as estrelas da Via Láctea. Estas descobertas contribuíram decisivamente na defesa do heliocentrismo. Contudo a principal contributo de Galileu foi para o método científico, pois a ciência assentava numa metodologia aristotélica.

    Desenvolveu ainda vários instrumentos como a balança hidrostática, um tipo de compasso geométrico que permitia medir ângulos e áreas, o termómetro de Galileu e o percursor do relógio de pêndulo. O método empírico, defendido por Galileu, constitui um corte com o método aristotélico mais abstrato utilizado nessa época, devido a este Galileu é considerado como o "pai da ciência moderna".

    ResponderExcluir
  60. psor descupa ae é que to tão acostumada a assinar como pucca que esqueci de colocar meu nome.
    Bruna Maria da Cunha C.
    1 médio A
    Colégio Adventista de Diadema.

    ResponderExcluir
  61. psor sab foi muito boa essa sua ideia de fazer um blog,axu q isso aproxima a relacão psor aluno.
    Passa essa ideia pro psor João pq a quimica eh meio complicada...rs
    bjus Bru..

    ResponderExcluir
  62. Cientista experimental (PAULO VICTOR DE CASTRO DONATO 1º EM B )
    NAQUELA MESMA ÉPOCA, uma aula de geometria na universidade fez com que seu interesse migrasse para a Física. Galileu abandona a universidade em 1585 sem se tornar médico e começa a estudar matemática. De suas meditações sobre lâmpadas suspensas e oscilantes surgiram as leis do pêndulo – e destas, mais tarde, a invenção do relógio de pêndulo, pelo holandês Christiaan Huygens (1629-1695).


    A luneta de Galileu.



    Ocupando a cátedra de matemática no “Studio de Pádua”, Galileu realizou várias experiências sobre o problema de queda dos corpos. Para demonstrar que Aristóteles estava errado quando afirmou que “a velocidade de um corpo em queda é razão direta de seu peso”, realizou experiências com bolas de ferro rolando sobre um plano inclinado.

    Galileu aperfeiçoou a luneta, inventada pelo holandês Hans Lippershey (1570-1619) e em 1610 observou montanhas e crateras na Lua, manchas no Sol e quatro satélites em volta de Júpiter. Suas descobertas tiraram a importância do Homem como centro do Universo, maculando a perfeição dos céus.

    Ao criticar abertamente a física aristotélica e o sistema geocêntrico de Ptolomeu (127-145 d.C.), o sábio italiano acabou recebendo sua primeira advertência formal da Inquisição, que condenava as teorias sobre o movimento da Terra e proibia o ensino do sistema heliocêntrico de Copérnico. Quando em 1632 Galileu publicou seu polêmico “Diálogo sobre os dois maiores sistemas do mundo”, logo recebeu uma ordem para se apresentar em Roma.

    A condenação
    APÓS TRÊS MESES de exaustivas sessões de interrogatório, Galileu foi acusado pelo Tribunal do Santo Ofício e, em 22 de junho de 1633, obrigado a renegar sua certeza de que a Terra não estava imóvel no espaço, utilizando a frase “abjuro, maldigo e detesto os citados erros e heresias”. Galileu teve sua obra proibida e foi condenado à prisão domiciliar perpétua.

    Não foi preso nem torturado. Seu PIOR INIMIGO foi seu próprio TEMPERAMENTO

    Assim mesmo considera-se que o tratamento dispensado a Galileu foi notadamente brando considerando os padrões da Inquisição. Galileu já estava velho e não ficou preso um único dia, nem foi torturado. Seu processo não se compara ao de outro italiano, o jovem Giordano Bruno (1548-1600), primeiro filósofo a afirmar que deveria haver vida em outros lugares do Universo – brutalmente torturado e queimado vivo em praça pública.

    A condenação de Galileu foi uma tentativa de salvar o geocêntrismo, chave da escolástica, a grande síntese entre a filosofia de Aristóteles (século IV a.C.) e a doutrina cristã que dominou o pensamento europeu durante a Baixa Idade Média (séculos XI a XIV). Seu processo permaneceu arquivado por longos 350 anos. Somente em 1983 o papa João Paulo II admitiu os erros da Igreja e o absorveu.

    Pai da Física
    GALILEU FALECEU COM QUASE 78 ANOS, em 6 de janeiro de 1642. Sua importância vai muito além do histórico confronto com a Inquisição. Em torno dele criaram-se muitas lendas e equívocos.

    Amigo pessoal do Papa que o condenou, seu pior inimigo, na verdade, foi seu próprio temperamento. Galileu muitas vezes se mostrava alegre e comunicativo. Nunca se casou, mas teve quatro filhos. Porém, quando discutia suas idéias era sarcástico, cínico e orgulhoso. Desgastou-se em demasia apenas atacando supostos rivais.

    Hoje, muitos o admiram por coisas que jamais fez, como inventar o telescópio, o termômetro ou o relógio de pêndulo. Também nunca atirou pesos do alto da torre de Pisa para demonstrar que corpos de massas diferentes caem com a mesma velocidade.

    Sua maior contribuição à ciência está no estabelecimento das bases do pensamento científico moderno, o método experimental, ressuscitado dos tempos do velho Arquimedes. É por isso que Galileu Galilei é considerado o pai da Física.

    ResponderExcluir
  63. nossaaa adorei o site, me ajudou muito no meu trabalho de ciencias. otimo trabalho. muito bom muito bom mesmo

    ResponderExcluir
  64. Galileu Galilei foi um grande homem !
    Adorei o seu trabalho !
    Nao tenho mais nad a dizer :P

    ResponderExcluir